#97 – Missão

Fiz um post parecido com este no meu perfil pessoal no Facebook, mas resolvi escrever aqui para elaborar um pouco mais. Não gosto de textão lá no FB e eu mesmo acho que passei dos limites com o post que eu fiz, mas é por uma causa nobre.

O Novo Tom vai participar pela primeira vez como grupo de um projeto de missão. Alguns do grupo já participaram. Eu já participei. A minha primeira (e única, até agora) experiência com missão foi aos 16 anos, quando fui com uma equipe da escola onde eu fiz meu ensino médio para trabalhar com crianças em um orfanato na Romênia. Isso já faz um tempo, e apesar de não ter tido a maturidade naquela época para compreender quão importante era o trabalho, foi uma experiência enriquecedora.

Adiantando pra 2016, no final de junho, nós, como grupo, vamos ter essa oportunidade pela primeira vez, na Amazônia. Eu confesso para meus 10 leitores que eu realmente não sei o que esperar dessa experiência. O que eu posso dizer é que eu estou animado.

Quem trabalha com música, quem sai viajando por aí pra cantar, sempre recebe mensagens ou sempre ouve histórias sobre como a letra de uma música impactou a vida das pessoas, e isso é emocionante e maravilhoso. No entanto, muitas vezes essas histórias são distantes de nós, porque a gente nem sempre consegue ver resultados tangíveis do nosso trabalho.

Pela primeira vez, eu acho que vai ser possível ver resultados tangíveis do trabalho que vamos fazer por lá. O trabalho principal que vai ser desenvolvido por lá é a construção da Escola Técnica do Massauari. Isso vai mudar a vida de muitas pessoas. Além disso, vamos ajudar com projetos de saúde, e claro, muito evangelismo através da nossa música. Abaixo, um vídeo explicativo:

Eu vivo cantando por aí que quero viver pra servir, que quero brilhar onde quer que for, que quero ser eficiente no serviço, e acredito muito nas mensagens dessas músicas. Mas quando eu penso no significado dessas letras nesse contexto, não tem como não me emocionar. Eu estou MUITO animado pra ver como Deus vai me usar durante esses dez dias na Amazônia.

O UNASP apoia e incentiva muitos projetos de missão, e muitos alunos e funcionários da escola tem oportunidades de participar desses projetos graças a esse apoio, e também à ajuda de muitas pessoas.

Esses projetos tem um custo que não é baixo. Eu sei que existem pessoas por aí que gostariam muito de participar de projetos como esse, mas que não conseguem doar seu tempo para isso. E eu sei também que existem pessoas por aí não conseguem se envolver doando seu tempo, mas conseguem o fazer através de doação de recursos.

Se você que está lendo esse post tem interesse em me ajudar nesse projeto, me envie um email em contato@marcelfreire.com.

Eu tenho plena certeza de que muitas vidas – inclusive a minha – vão ser transformadas através desse trabalho.

Anúncios

1 comentário

  1. Meu filho, que oportunidade você é todo o grupo terá além das fronteiras que já estão acostumados! Depender a todo momento da direção de Deus é um privilégio que Ele coloca em nosso coração; você sabe disso!
    Estou orando pela missão e pelos missionários que vão mostrar como Jesus está ansioso por viver pertinho de cada pessoa que vão encontrar!
    Que Deus te abençoe e à todos do grupo e recipientes desse trabalho!
    Te amo!❤️🙏🏻🙏🏻

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s