#54 – Cotidiano

É muita falta do que postar.

Eu acho que este post vai ser um tédio, mas vamos lá. Ou não. Eu gosto de ler blogs sobre o cotidiano. Não sei por quê. Mas eu gosto. Aí resolvi fazer um post sobre o meu dia de ontem. Eu até me dei o trabalho de tirar fotos de alguns momentos pra vocês, então sintam-se privilegiados.

Eu tenho uma certa dificuldade em acordar cedo. Pra mim, o dia útil começaria às 10 e terminaria às 19. Muito melhor. Mas como não é o caso, eu tenho que levantar cedo todos os dias. Eu tenho o sono muito pesado e já perdi a hora uma vez ou outra. Portanto, meu despertador toca três vezes:

Não sei por que, mas estava muito cansado quando fui dormir na quarta, e acabei não ouvindo o despertador das 6:40. Depois de ignorar o das 7:15, finalmente acordei às 8, desesperado. Tomei banho e lembrei que tinha colocado roupa pra lavar na noite anterior, e tinha que estender antes de sair de casa.

Com esse atraso todo, não deu tempo de tomar café. Só deu tempo disso:

Café da manhã dos campeões.

Comi e saí correndo (bom, não correndo) pra agência. Esta é a minha mesa:

Esta é a minha mesa duas horas depois:

Todos os dias, na agência, nós fazemos culto. Uma das alunas que trabalha lá, a Tay, denominou este momento de “Cultinho do Amor”. Sabe-se lá por quê. Então nós fizemos o culto.

A manhã se foi mui rapidamente, e logo chegou a hora do almoço. Este é um momento que sempre é muito almejado por mim e alguns dos meus amigos, porque a comida do lugar onde costumo almoçar é muito boa. No entanto, ontem não foi dos melhores, então vou postar uma foto do cardápio preferido meu, do Edison e do Lucas:

Depois do almoço, voltei pro trabalho, e algumas horas depois, fui aos ensaios do Academia da Voz e do Novo Tom. Depois que acabou o ensaio, desci correndo pra casa porque o Academia cantaria na empolgante Semana Jurídica que se deu no UNASP esta semana. Devido ao trabalho, eu vou pouco aos ensaios do Academia, então cantei todas as músicas lendo partitura. Encerrada a cantoria, desci pra casa, vesti meus trajes de banho e fui pra natação com o Tuiu.

Confesso que não fiquei muito animado ao me deparar com a piscina.

No fim das contas, nadei 1360m, o que, pra quem me conhece, é um grande feito. Depois do treino, fomos pra casa da minha vó, onde minha mãe e padrasto estão hospedados. Não tem foto deles neste post porque não levei minha câmera e o celular estava sem bateria. Conversamos um pouco e minha mãe trouxe um monte de coisas pra minha casa, inclusive cortinas pro meu quarto. Até ontem, eu era acordado pelo sol. Mas isso não há mais de acontecer. Não senhor.

Hoje acordei no escurinho. Foi ótimo, mas quase que perco o horário de novo.

Meu dia ontem acabou por volta da 1:30 da manhã. Depois que cheguei em casa, jantei, coloquei roupa pra lavar e comecei a organizar minhas coisas.

É isso. Meus dias não são lá estas coisas. Na verdade, o ponto alto do meu dia foi isso:

Eu te amo, mamãe!

Bom fim de semana a todos!

Anúncios

3 comentários

  1. Bem o melhor de tudo que no fim de tudo quem tem( Mãe tem tudo tem cortinas novas e chocolatinho ) kkkk mãe é mãe né.

  2. Ai que coisa linda!! Eu te amo também e gosto de saber que você tem um certo conforto em seu novo lar:) E quando não tiver, Deus vai confortar seu coração e manter vivo o que você já tem: contentamento!

    beijos pra você e muita suadade!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s