#50 – Mudança

Me mudei. Depois de 6 anos no internato e mais 3 anos e meio morando com meus tios, finalmente tenho meu canto, propriamente dito.

Na verdade, era pra ter me mudado no início do ano, logo quando comecei a trabalhar no UNASP, mas devido a um excesso de procura e poucos lugares disponíveis, ainda fiquei com os tios por mais um tempinho. O plano era me mudar no início de julho, mas aí viajei, e não deu. Isso, acoplado ao fato de não conseguir nunca o caminhão do colégio pra trazer minha mudança pra cá, só atrasou o processo todo. Finalmente, na segunda passada, consegui agendar o caminhão pra quinta-feira. Na minha cabeça, já estava tudo organizado. Eu trabalharia durante o dia e organizaria as minhas coisas em casa na segunda, terça e quarta após o expediente. Na terça de manhã, recebi uma ligação dizendo que a mudança seria antecipada para quarta à tarde. Fiquei na agência até a hora do almoço e me mandei pra casa pra começar a encaixotar as minhas coisas (parece que não tinha começado nada!). Foi quando eu descobri que eu realmente tenho muita coisa. Acho que é mal da minha família. Todos adoram guardar papel, envelope, caderno velho, etc. Pra você ter uma idéia, minha avó tem caixas da Mesbla na casa dela. Sai fora!

Depois de um longo processo de desapego, consegui jogar muito papel fora, encaixotar tudo e jogar o faltava em mais ou menos cinco malas.

Com a ajuda do Tio Ita, carreguei o caminhão e fomos para o local de minha nova residência. Eu atualmente moro perto do UNASP. Eu precisava de alguém para fazer uma faxina no apartamento. No entanto, a maioria das pessoas que trabalham com isso por aqui ou estavam de férias ou estavam colportando. Ou seja, sem faxina para o apê do Marcel. Como não teve jeito mesmo, depositei minha mudança no apartamento, e na sexta à tarde, convoquei a ajuda dos amigos Gabro e Tatati para me ajudarem a fazer uma faxina daquelas. Qual não foi minha surpresa quando apareceram também Lineu, Lanny, Bernardo e Emilie. Juntos, colocamos aquela zona toda em ordem, e finalmente está com cara de casa.

Portanto, quero agradecer a todos que me ajudaram na sexta. Agora só preciso de uma TV, um aparelho de DVD e um microondas. Se algum dos meus 7 leitores se compadecer de mim…

Obs.: Uma dica! Jamais façam compras na Mercearia…é uma facada atrás da outra.

Anúncios

11 comentários

  1. Parabéns pela mudança. Acho que em tudo devemos dar graças e, acima de tudo, refletir nesse ato maravilhoso que Deus nos oferece. Mudar também significa crescer. O fato de deparar-se com uma situação incômoda – novas responsabilidades, novos desafios e metas-, nos estimulam a alçar vôos mais altos. Aproveite o novo momento de sua vida para colocar objetos, amigos – e que amigos você têm!-, em posições que antes você jamais imaginaria. A gente costuma deixar que as lembranças, assim como os amigos, seja colocados em lugares cômodos e deixar que a poeira dos dias cubra o brilho de cada um deles, assim como foi com as cartas e os demais papéis que você guardou. Em vez disso, arrume tempo em seu novo espaço para receber seus amigos em casa e partilhar com eles a alegria de estar mais perto deles. Cada pessoa tem um valor especial. Agregar esses valores e celebrar a existência das pessoas também é um dom maravilhoso. Aproveite seus momentos para estar com você mesmo e com Deus pois sem Ele, nada pode avançar. Oro por sua felicidade, mesmo sem conhecê-lo pessoalmente. Deus abençoe você, seu trabalho e seus novos desafios. Abraços

  2. Vc acha que seu blog tem 7 leitores? Errou! Tem 8! Só que sou uma leitora discreta. rs.
    Sou recém casada e ganhei alguns presentes repetidos. Claro.
    Vc num tá precisando de panelas, faqueiro, toalhas (rsrs) não?
    Vou ficar devendo a tv, o dvd e o micro-ondas pq desses eu só ganhei um exemplar. rs.
    Feliz vida e casa nova pra vc! 🙂

  3. Marcel…
    são 9 leitores… só que estou no Pr, e vou casar
    então, tbm preciso de presentes… (mas já tenho a TV / DVD e Microndas)
    heheh

    abraços

  4. Ai, Marcel que legal vc estar no seu cantinho!
    Mudança sempre nos impõe desafios e desapegos (materiais e pessoais) mas faz crescer e amadurecer!
    Deus te abençoe nessa nova fase de “dono de casa” rsrrs
    Vc vai valorizar certas coisas que tinha “na mão” antes e perceber que é mais prático fazer outras coisas de outro jeito… do seu jeito! Boa sorte! Bjs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s