#37 – Carnaval

Fazia tempo que não ia a um retiro de carnaval, e foi a primeira vez que fui como convidado musical. É bom ter amigos influentes. O convite partiu de um dos meus melhores amigos, pastor Cândido Gomes. Fui participar do retiro da Igreja Central de Brasília. Já estava feliz pois reencontraria ali alguns amigos queridos.

Cheguei em Brasília na sexta à noite. O Cândido não poderia me buscar no aeroporto, pois ele já tinha de estar no retiro, então ficou combinado de que a Moara, uma conhecida minha, me buscaria. No fim das contas, ela não pôde me buscar e enviou André, seu namorado. Saímos do aeroporto, e depois de algumas voltas por Brasília (onde tudo é muito longe), finalmente chegamos na casa da Moara. Esse mundo é muito pequeno. Descobri que a dona Neide, avó da Moara, cuidava de mim e do meu irmão quando morávamos em Santos. Eu lembro de alguns flashes dos meus primeiros anos em Santos, e a tia Neide faz parte destas minhas lembranças. Pra minha surpresa e alegria, reencontrei a tia Neide depois de mais ou menos 26 anos! Ela continua querida, como sempre!

Depois de um lanche, finalmente nos dirigimos ao Haras Cruzeiro do Sul, onde se deu o retiro. Foram 4 dias incríveis. Dias de louvor, reflexões, novas amizades e muitas risadas.

Alguns destaques:

  • Crises de riso jogando máfia
  • A roubalheira do quartão no Perfil
  • Reencontro com os amigos Celaum, Thanise, Robson, Cleverson e Candido
  • O tombo que eu levei depois de ter quebrado uma cadeira
  • O Celaum de Seu Barriga na festa da criança (foto abaixo)

Também tive a oportunidade, na segunda à noite, de fazer um pequeno musical, onde pude cantar algumas das músicas que estarão no meu disco solo, assim como algumas conhecidas. Foram elas:

  1. Caminho (inédita)
  2. Tudo de Novo (inédita)
  3. Como Duvidar
  4. Falar Com Deus
  5. É Preciso Confiar
  6. Usa-me (inédita)
  7. Retalhos (inédita)
  8. Descanse (inédita)

Não estou muito acostumado a fazer programas solo, então ainda é uma experiencia nova pra mim, mas cantar pra amigos é mais fácil, e a insegurança por não saber as músicas de cor, e por estar cantando algumas pela primeira vez foi superada.

Foi um final de semana ótimo, do qual já tenho saudades.

Valeu, Cândido, pelo convite.
Valeu, Cleverson, por ter me acompanhado, apesar do teclado.
Valeu, novos e velhos amigos, por me receberem tão bem.

Mês que vem estou de volta!

Anúncios

5 comentários

  1. que lindo que em breve terei a oportunidade de escutar seu trabalho solo!! que Deus continue iluminando vc e lógico que dia após dia vc se permita ser nas mãos de Deus um instrumento q aproxime outros a Ele!! Tudo de bom pra vc Marcel, termine de forma satisfatória seu projeto solo e estarei por aqui lendo seus post (sempre que possivel) e orando por vc!! Bjs e até mais !! 02:53 am (Manaus – AM)

  2. Oi quanto tempo!
    fiquei empolgada de saber q seu novo cd terá “falar com Deus”
    a música é linda demais, sou difícil de chorar e incrivelmente escutando comecei a me derramar na presença do Senhor.
    Abraços querido fica na paz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s