#26 – Música de Natal

Eu AMO música de Natal. É uma das coisas que eu mais amo na época do Natal. Eu sou daqueles que já começa a escutar músicas de Natal no início de dezembro. Às vezes, chego ao ponto de me pegar ouvindo uma música ou outra de Natal no meio do ano. Eu gosto muito, mesmo. Esse post é dedicado a alguns dos meus discos prediletos de Natal. A maioria deles tem valor sentimental, pela nostalgia que eles proporcionam. Não sou saudosista, mas me fazem lembrar de ótimos momentos natalinos.

Acho que com esse disco, eu comecei a prestar atenção em músicas de Natal, apesar de ser uma releitura do oratório de Handel. Pra mim, esse disco e o VHS ao vivo que acompanha sempre me lembrarão dos encontros em família. A gente SEMPRE assistia ao vídeo desse projeto. Até hoje, eu me arrepio quando ouço “Surely He Hath Borne Our Griefs” (Steve Green, Larnelle Harris e Michael English), “For Unto Us A Child Is Born” (Bebe & Cece) ou “The Trumpet Shall Sound” (4HIM). O som é bem início da década de 90, mas vale muito a pena. Você pode adquirir o CD aqui e o VHS aqui.

Esse disco acompanha o The New Young Messiah. É basicamente uma compilação de músicas conhecidas de Natal interpretadas pelos artistas cristãos que estavam no “auge” de suas carreiras no meio da década de 90. Destaco “Season Of Love” (4HIM), “The First Noel” (Bebe & Cece) e “Hark! The Herald Angels Sing” (Point Of Grace).

Esse disco me faz lembrar minha mãe. Eu gosto de todos os discos de Natal da Amy Grant, mas esse foi o que marcou mais. A voz dela é tão linda, tão sutil e tão familiar. Isso acrescenta muito às interpretações dela, inclusive na primeira faixa, “Have Yourself A Merry Little Christmas,” “Grown-Up Christmas List,” (uma das minhas prediletas) e a original “Breath Of Heaven.” Uma curiosidade: os vocais desse disco foram gravados pela turma do saudoso First Call!

Esse disco é um dos mais clássicos de Natal! A beleza da voz da Karen Carpenter é indiscutível, e eu amo a interpretação dela na “The Christmas Song,” sem falar nos arranjos e produção do Richard Carpenter no disco todo. Vale a pena investir nesse disco. Vai por mim.

Esse é curtinho. Só 5 musiquinhas, mas é muito bom, especialmente “Grown-Up Christmas List.”

Já gosto desse disco por causa da capa. Eu curto muito o estilo do MercyMe, especialmente a voz do Bart Millard. As originais “Gloria” e “Joseph’s Lullaby” são excelentes, e eu amo a regravação de “Christmas Time Is Here” do “A Charlie Brown Christmas”.

Uma das descobertas mais recentes. Eu gosto de tudo que o Anthony Evans faz, e o disco de Natal dele é muito bom, especialmente “This Christmas,” “Immanuel” e o medley “O Come All Ye Faithful/The First Noel.” Que voz é essa?

E claro que pra mim, Natal não seria Natal sem os discos de Natal do Point Of Grace. Quem me conhece sabe que eu sou fã delas, e amo todos os discos de Natal. Do A Christmas Story, “Emmanuel, God With Us,” “Light Of The World” e “Santa Claus Is Comin’ To Town.” Do Winter Wonderland, “Let There Be Light,” “In The First Light” e “All Is Well.” Do Home For The Holidays, “Labor Of Love,” “Candy Cane Lane” e “Not So Silent Night.”

E você? Qual é o seu disco predileto de Natal?

Anúncios

2 comentários

  1. Pôxa, Marcel, eu que sou “devota” de Michael Bublé (o cantor mais venerado por minha pessoa; tenho todos os seus discos!), não sabia desse cd de natal dele!
    Nesse exato momento, meus ossos viraram pó, mas restituí-los-ei, pois já fiz minha encomenda a Santa Claus, que há de trazê-lo pra mim nesse natal!

    E o disco dos Carpenters? Oh, my God!
    Tbém não conheço, mas já imagino a maravilha que deve ser!
    Pra mim, Karen Carpenter é a voz feminina mais linda de todos os tempos!

    Eu tbém ADOOOOORO o “The Young Messiah”. Que super produção! Não me canso nunca de ver o bom velhinho Ralph Carmichael na regência, o timaço reunido, músicas e arranjos incríveis e os coristas errando a letra! hahahahah

    Os discos natalinos do Take 6 não têm 100% de aproveitamento (algumas músicas são chatérrimas!) mas tem ótimas pedidas como os arranjos dulcíssimos dos tradicionais hinos “Hark! The Herald Angels Sing” (um dos mais geniais que se tem notícia) e “O come all ye faithfull”, do disco “He is Christmas”.

    No disco “We wish you a Merry Christmas” tem as deliciosas “Let it snow”, “The Christmas song”, “Have yourself a merry”, “Silver bells”, “Oh little town of Bethlehem” e “Joy to the world”!

    Se juntar tudo aqui, dá um ótima trilha pra ceia do dia 24, heim?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s